Porque pintar unha apenas de vermelho quando há tanto por onde escolher?

quinta-feira, 31 de maio de 2012

Troca com #primas


Entrei num jogo de Amigo Secreto na Páscoa (AS) com o intuito de trocar esmaltes e chocolates. Bem sei que de profissão gosto de captar as emoções das pessoas, o seu sentir para um dia as reproduzir nos meus livros, na minha escrita, nos meandros sempre intrincados da personalidade construída para as minhas inúmeras personagens. Mas aconteceu, neste jogo, ser eu a apanhada nesse turbilhão se sentimentos que me encheram a alma de uma forma que não poderia supor.
Afinal seria apenas alguém que tirou o meu nome e eu tirei o nome de alguém, mandaríamos pelo correio uma caixa com o que a minha AS teria escrito nos seus sonhos e eu receberia outra caixa com os meus mais secretos desejos confessos numa listinha para AS ler =) sabia, eu não sou de sair imune desse sentir profundamente tudo quanto vivo e faço e este jogo não foi diferente. Emocionou--me de forma que não esperei e foi maravilhoso. Esta história vai ser longaaaa e vou contá-la a dois tempos: em primeiro a minha AS (a que me calhou no sorteio) e depois a segunda, ser AS de alguém (alguém me tirou no sorteio).

Eu tinha uma AS - A Vanessa Segatti Marcato. Como há 3 Segatti achei por bem aproximar-me das outras duas meninas, porque as sabia família, para poder saber alguma coisa mais da Vanessa. E a brincar a brincar fui dizendo que as confundia sempre, que seria bem mais fácil  de as distinguir, saber quem era quem se soubesse qual era o esmalte favorito de cada uma das meninas e comecei a chamar-lhes #primas. 
Mas logo aí a ironia da coisa: fui atraiçoada pela brincadeira e gostei logo das minhas novas #primas e a conversa que iniciei para somente saber dos gostos da Vanessa, não terminou nunca. Então como sabia o gosto das outras #primas Erika e Katia, resolvi mimá-las e enviar pela minha AS um esmalte da Essence mais semelhante ao que haviam dito: Erika disse arco-íris e mandei o duocrhome Where is the party? e para Katia que disse ser coral a cor favorita, mandei What do you think? são os dois embrulhinhos que parecem os ovinhos da Páscoa.
Esse post vai ficar longooo e ainda nem começou a parte engraçada que vai rolar... 
Pois é, tem parte bem cómica nessa história de amiga secreta. Brincalhona como sou, imaginam passar por esse jogo, onde tem site que se pode falar anonimamente com a sua AS (a intenção será perguntar o que quer receber) e eu não o usar para causar e logo criar uma personagem?? Nem resistiria! 
Mas a minha intenção inicial era apenas disfarçar dois detalhes: o facto de não ser brasileira e o da minha caixa demorar mais para chegar. Não queria que desconfiasse que era eu a portuguesa a AS... 
Então criei uma personagem: escrevia em português do Brasil, mas propositadamente com grosseiros erros ortográficos, escrevia como se fosse menininha bem novinha, e como me é natural conforme a fui escrevendo, a personagem foi evoluindo e tomando corpo. Devo dizer que tive duas grandes cúmplices nesse AS, minhas queridas amigas Ana Carolina de Lima e Amanda Caballero. Cúmplices como, hein? Porque as frases que eu escrevia precisavam ser validadas nos detalhes... eu posso escrever meio-brasileiro-meio-aportuguesado de Portugal em personagem como faço aqui neste blog com a menina Aninha que é Di+++ e ainda assim pergunto uma ou outra noção para ter certeza do que falo... Ainda ontem perguntava o que era Taquara e nós cá temos a expressão correspondente "voz de cana rachada" mas para a empreitada que chamei a mim, escrever uma personagem a que chamei de "mina xinfrim", não poderia jamais fazê-lo sem a Aninha e a Amanda!!


Um esmalte que a Vanessa queria muito era o Engana Mamãe da Elke um cor-de-rosa, mas em Portugal não há Elke e na realidade comprei um Essence Sweet as Candy, bem rosinha para o substituir. Eu perguntava coisas assim para a Vanessa: "Ahh... eu fui no Carrefour e vi elke! pemsei na simhora mais naum encomtrei seu rosinha! vi um monte de roza safadhinho, mais naum o seu", ou então dizia: "vi um xina bem roza elke, ce quer?" fala sério, vc disse isso? Verdade... eheh inventei que a menina xinfrim ia comprar os esmaltes na barraquinha do camelô: "O Rapa chegou e levou tudo!  O Xina já era!" Tanto que, no final, a Vanessa confessou-me que desconfiou ser alguém de S. Paulo por conta da expressão RAPA para dizer RUSGA ou que a polícia tinha fechado onde a menina compraria os esmaltes xinas...
Confesso que me irritaria de sobremaneira se fosse comigo... mas a Vanessa foi sempre 5 estrelas a responder a todo o disparate que fui inventando. Mesmo na perspectiva de receber esmaltes chineses =) Foi uma verdadeira senhora na verdadeira acepção da palavra! Dava-me muita vontade de rir, sempre a tratei por "senhora", com o respeito que uma menina trata uma pessoa mais velha, mas escrevia-o mal, era a "simhora" ... Vanessa e eu temos muita pena de não termos gravado esses diálogos, apenas recuperei essas pérolas aí em cima porque Amanda as encontrou de nossos próprios diálogos, mas eu sempre encarnei a personagem odiosamente simpática e entrava para dizer simplesmente: "Eu amo ter a senhora de AS viu? beijo" A Vanessa sempre foi bem elegante a responder, nunca demonstrando não ter paciência para a estranha menina ahhahah Esses são os esmaltes que a Vanessa ganhou.


No final do tempo mandei uma mensagem dizendo que o pai tinha ralhado e já não deixava a menina ir nos correios... queria ganhar o tempo da caixa chegar para afastar a ideia de vir de Portugal. Pobre #prima... aguentou estoicamente toda a brincadeira, porque essa menina xinfrim escrevia muito para a "simhora" e contava coisas que eram uma verdadeira patifaria da minha parte: a Amanda diria assim para a Aninha nos diálogos que repescámos (agora ri ao reler ahaha)

"Hahaha... Basicamente a Ana disse pra Vanessa q o pai nao deixava ela mexer na internet e q estava na casa de uma amiga"
Esse foi o último acto da personagem menina xinfrim e lembro que a Amanda adorava distorcer ainda mais as palavras até acharmos a frase perfeitamente idiota para enviar. Esse mimo seguiu assim:
"ola AS, painho nao me decha ir na enterneteh to teclando da casa de uma miguxa asim que de eu mando os bagulho pra simhora, viu? brigado e discurpa vai co atrazo......"
Grande #prima Vanessa!!! Já no final rimos muito das minha inúmeras patifarias. Até quando entabulei uma conversa tola que eu estava desconfiada que a AS que a tinha tirado a ela, menina xinfrim (eu) seria a tal da portuga (sim eu!!) e a menina (eu) ainda confessou para a atónita Vanessa que não gostava da tal Ana Martins (eu)... doce Vanessa, nem sabia que estava a falar comigo, disse para a menina (eu) que gostava bastante dessa pessoa (eheheh... sim!, EUUU!!)
E entramos na segunda história que ironicamente nunca deixa de ser a mesma
Paralelamente, havia uma caixa que me chegava, e que eu não fazia ideia de quem seria. Tentei ser espertinha, mas como diz a Katy, me lasquei, pois a minha AS estava fazendo o seu próprio jogo comigo... na verdade não consegui saber quem era até ao último minuto!!! 
Olhem só para mim, nos correios, de unha preta peludinha, pronta para levantar a caixa e correr para a viagem (casamento do meu irmão no norte), e convencida que a minha AS era outra menina!!!! Sabe quando percebi quem era a minha AS? Quando vi o rótulo!! =O Acreditam? Eu mereço!! O meu queixo caiu e fiquei ali a olhar o rótulo.... 
Ainda não adivinharam a ironia de tudo isto?? É que a menina de quem eu era a AS era quem????
A #prima Katia Cris Segatti =O a outra #prima Segatti!!! Eu mereço, podem dizer que aceito ahahaha zoei tanto e no final fui zoada pela ironia do meu começo do jogo!!! Imagino só a cara de espanto da #prima Katia quando no comecinho tem a portuga de bobagem a puxar conversa, a dizer qual o meu esmalte favorito porque queria perguntar os favoritos das primas e chegar na Vanessa, lembra? é lindo demais!!!!
what goes around comes around!!




Eu estava de viagem nesse dia Affff será possível receber caixa em dia sem stress para poder curtir tudinho em paz? e havia um pedido que a AS tinha feito: Abrir a minha caixa junto com o Pedro. Como era dia de o ir buscar, esperei para abrir a caixa depois na estação dos autocarros, porque até chegar lá estive sempre ao volante e não dava para abrir, né? Ahhhh... Tahhh!! vai ficar sem gasolina de novo???

Enquanto nós esperávamos o autocarro para o Porto, não resistimos mais à curiosidade e abrimos a caixa e o Pedro foi fotografando os momentos engraçados...
Entre cada camada de esmaltes estavam camadas de algodão... 
Sim, algodão branco que casou bonito com o pelinho negro das minhas unhas para o casamento...!!


Fala sério!!! Olhem só a graça!!! Por isso Pedro precisava estar presente, havia tubinhos mm's para ele e até um especial com pegadinha: num tubinho verde tinha lá dentro um vidrinho Impala pistacho lindoooo de viver!!!




Ainda no autocarro, e por conta da caixa da #prima Katia tivemos momentos muito doces e carinhosos. O Pedro foi tirando fotografias e sugerindo algumas bem engrçadas como esta: fotografar o tubo dele amarelo com o "meu" tubo amarelo. Aiii meu coração derrete com estes momentos, valem por tudo <3
Adorei cada um dos meus vidrinhos, devo confessar, a #prima Katia teve o condão de ler os meus mais secretos desejos na listagem de preferidinhos que publiquei no jogo. E a quantidade de tubinhos para o Pedro que fez a viagem feliz com todos eles na mão, dormiu com todos na mesa de cabeceira e no casamento deixei que levasse um de cada cor em cada bolso do seu casaco de homem crescido!!! 

Não posso terminar este mega-post uber-especial sem este detalhe quase humorístico que me contou a #prima no final de tudo isto - a conversa do carteiro que foi puxando assunto na porta da mãe da Vanessa  quando foi entregar a minha caixa: 

"Essa daí veio de longe... Portugal... aê... vcs tem lah parentche...???"

#PRIMAAAAAAAAAA


7 comentários:

Carol disse...

Adorei, Ana... como sempre, perfeito! E a Vanessa vai excomungar as três! kkkkkk....

Amanda disse...

hahahahaha... ri mto qdo vc colocou uma das frases q eu escrevi pra Vanessa... qta besteira q nós escrevemos!!!
Mas, vc esqueceu de escrever q eu e a Carol sempre soubemos q a Kátia era a sua AS, então, fomos cúmplices em dobro!!!

Ana Martins disse...

tem razão Amanda.... quando o meu queixo caiu eu devia ter escrito isso e esqueci, esse post era muita info ahahaha

Rosemary Goldner disse...

Que coisa linda esse post!
Ai amiga, foi emocionante para mim, imagina vc e Pedro fofão!
Amei!!!

Cantinho da Jah disse...

Sem palavras!!!!
Td lindoooo!!!!
bjoks

Esmaltando com FeFê disse...

Lindissimo Ana.. Realmente você tem o dom das palavras lindas né =]

Jorge Ramiro disse...

Meu cachorro comeu todas as pinturas da minha namorada, então eu tive que o-enviar ao um treinador. Eu procurei na internet adestramento de cachorro e contratei um treinador. Agora meu cão obedece.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...